Publicidade Promoção e PatrocinioPolitica de SaúdeConferência das PartesObservatorio Nacional de SaúdeInstituto Nacional de Saúde PúblicaComissão para a implementação da Convenção QuadroConvenção Quadro da OMS para o Controle do Tabaco

Prevalência de consumo de Tabaco em Cabo Verde 2013

Segundo dados do I Inquérito Nacional sobre a Prevalência de Consumo de Substâncias Psicoativas na população geral, realizado em maio de 2013, o tabaco é a segunda substância lícita mais consumida no país com uma prevalência de 17,4% ao longo da vida, 8,1% nos últimos 12 meses e 7,8% nos últimos 30 dias.

A prevalência de consumo de tabaco é mais elevada em S. Antão com 30,1%, valor acima dos 17,4% que caracterizam esse consumo para o conjunto da população nacional. Com valores também acima da média nacional encontramos os concelhos/ilhas de S. Nicolau com 23,6%, Maio com 23,9% e S. Vicente com 20,9%.

Na Praia a prevalência desta substancia é quase idêntica à média nacional 17%. Em relação ao consumo de tabaco, nos últimos 12 meses (consumo recente), as ilhas de S. Antão, S. Vicente, S. Nicolau e Maio aparecem com taxas de prevalência de 13,7%, 9,7% e 8,5%, 13,8% respetivamente, níveis superiores ao valor nacional.

A Praia registou uma taxa de consumo ligeiramente abaixo da média nacional 6,2%. No que se refere ao consumo actual de tabaco, onde foram registados níveis de consumo elevados em S. Antão (13,7%), S. Vicente (9,7%) e Maio (12,8%).